Quem tem direito ao seguro de vida Veja quem são os beneficiários

Quem tem direito ao seguro de vida? Veja quem são os beneficiários

Se você pensa em contratar ou já contratou um seguro de vida, provavelmente, uma das suas dúvidas é: quem tem direito ao seguro de vida?

Diferente dos demais seguros, no qual o beneficiário e o signatário são as mesmas pessoas, no de vida o beneficiário é outra pessoa. 

Isso se for caso de morte, nos casos de invalidez permanente ou temporária, por exemplo, o beneficiário é o próprio contrante. 

É comum essa preocupação surgir apenas quando ocorre o sinistro, ou seja, o evento que ocasiona o pagamento da indenização. 

Mas a verdade é que você deve pensar sobre isso antes mesmo de contratar uma seguradora.

Por isso, no artigo de hoje vou te explicar quem tem direito ao seguro de vida caso ocorra o falecimento do signatário.

Mas antes, você sabe…

Quais são os objetivos de seguro de vida?

Os objetivos para contratar um seguro de vida se resume em garantir a proteção do patrimônio acumulado da família, a transmissão dos bens e a segurança caso ocorra invalidez permanente (ou temporária) e em situações de doenças graves. 

O que é um beneficiário de seguro de vida?

Simples: um beneficiário de seguro de vida é quem tem direito ao dinheiro da indenização. Ele é indicado pelo segurado e esses valores variam de acordo com o contrato.

Quem pode ser beneficiado pelo seguro de vida?

quem tem direito ao seguro de vida Quem pode ser beneficiado pelo seguro de vida

É simples: quem tem direito a seguro de vida é quem você incluir no contrato. 

Ou seja, você tem total liberdade de adicionar quem quiser para ser beneficiário do seguro seja alguém da família ou não. 

Até mesmo porque há aqueles casos em que a pessoa tem um afeto maior por alguém quem não é da família ou tem algum dependente financeiro que não tem vínculo biológico.

Sem contar que também há aquelas pessoas que desejam deixar uma ajuda financeira para uma instituição.

Além disso, geralmente, você pode adicionar quantas pessoas você quiser e dividir os percentuais da melhor maneira possível. O valor da sua apólice vai ser dividida entre eles.

No entanto, a sua seguradora pode estabelecer um limite de beneficiários. Sendo assim, fique atento ao seu contrato.

Como escolher os beneficiários do seguro de vida?

Eu sei que talvez essa não seja uma escolha fácil de se fazer, mas você precisa tomar essa decisão quanto antes. 

Isso porque quando você for assinar a apólice você precisa ser específico sobre quem tem direito ao seguro de vida. 

Sendo assim, separei algumas perguntas que podem te ajudar a se decidir:

  • Seus pais vão precisar de ajuda financeira para despesas médicas?
  • Seus filhos e/ou netos vão precisar de ajuda para manter os estudos?
  • Existe algum familiar ou amigo que você gostaria de fornecer amparo financeiro?
  • Você gostaria de eleger alguma instituição para receber ajuda financeira? Pode ser religiosas, de caridade, educativa, entre outras. 

E se eu quiser mudar os beneficiários?

Você pode mudar quem tem direito ao seu seguro de vida a qualquer momento, desde que esteja em posse de todas as suas faculdades mentais. 

Além disso, você não precisa se justificar ou fundamentar porque está fazendo as mudanças. 

O recomendado é revisar, pelo menos, uma vez ao ano quem são os seus beneficiários. Pois você pode ter outros filhos, novos vínculos, rompimento de relacionamentos e até mesmo a notícia de um diagnóstico ou acontecimento de um incidente com algum familiar, ou amigo.

Posso não indicar os beneficiários?

quem tem direito ao seguro de vidaPosso não indicar os beneficiários

Pode parecer estranho essa pergunta, mas alguns segurados optam por não especificar os beneficiários e também tem o caso que o beneficiário faleceu antes do assegurado. 

Nesses casos quem tem direito ao seguro de vida são os parentes mais próximos. O critério utilizado é a vocação hereditária, ou seja, passa a ser devido aos:

  • Descendentes (filhos, netos);
  • Caso não tenha, é paga aos ascendentes (pais, avós);
  • E se nenhum dessas hipóteses existir, os colaterais (irmão, tios, primos).

Se o segurado for casado, segundo o Código Civil, o valor será dividido em 50% para o cônjuge e 50% para os herdeiros legais. 

Tenho direito ao seguro de vida. Como receber a indenização?

Se você é o beneficiário do seguro de vida de alguém, para receber o valor da indenização você deve entrar em contato com a seguradora. 

Geralmente, o procedimento visa exigir cópias de alguns documentos, o atestado de óbito e a identidade do beneficiário e do segurado.

Depois, o próximo passo, é aguardar. A seguradora tem até 30 dias para realizar o pagamento da indenização. 

Qual o prazo para solicitar o seguro de vida?

O prazo para solicitar o seguro de vida varia de uma seguradora para outra. No entanto, de acordo com o Código Civil, em caso de morte há um prazo de 3 anos para que seja efetivada a entrada na solicitação. 

E se o seguro estiver na carteira de previdência, o prazo é de 5 anos. 

Seguro de vida é o mesmo que herança?

Essa é uma dúvida muito comum, mas seguro de vida NÃO É herança. São dois processos totalmente diferentes. 

A herança é a distribuição dos bens do falecido de acordo com as regras de sucessão estabelecidas pela lei. Isso significa que o patrimônio vai ser partilhado entre os herdeiros após o inventário e o pagamento do Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doações (ITCMD).

Já quem tem direito ao seguro de vida, como te disse anteriormente, é qualquer beneficiário disposto no contrato. 

Como escolher uma seguradora?

Escolher a seguradora correta para você é uma decisão muito importante, por isso antes de se decidir avalie seus hábitos do dia a dia, tal como se você é fumante ou se pratica, ou não exercício físico; verifique a credibilidade, anos de atuação no mercado, nível de satisfação da clientela; entre outros pontos essenciais. 

Conclusão

Nesse artigo você descobriu quem tem direito ao seguro de vida, o que é um beneficiário e quem você pode adicionar na sua apólice. 

Além disso, te mostrei também como escolher os beneficiários e o que fazer para solicitar a indenização quando você for o beneficiário. 

Se você tiver alguma dúvida sobre esse assunto, deixa um comentário que a nossa equipe fará o possível para te responder.

One Response

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *