O que é DAS MEI

O que é DAS MEI?

Você sabe o que é DAS MEI? É a sigla para Documento de Arrecadação Simplificada do Microempreendedor Individual.

Esse é o instrumento utilizado para o pagamento mensal das obrigações tributárias de um Microempreendedor.

Ele é emitido em forma de boleto pela Secretaria da Micro e Pequena Empresa (SMPE) e deve ser pago sempre até o dia 20 de cada mês.

Em resumo é isso. Mas se você quer saber mais sobre essa documentação essencial para quem é microempreendedor continua comigo que vou te mostrar:

  • Quais são os impostos pagos pelo MEI;
  • Como você faz para pagar o DAS MEI;
  • Por que você precisa pagar o DAS MEI;
  • Entre outras dúvidas comuns sobre esse assunto. 

Vamos lá?

Quais são os impostos pagos pelo MEI?

Quais são os impostos pagos pelo MEI?

Fonte: MEI FÁCIL

Assim como um empreendedor, o microempreendedor também tem impostos a pagar. No entanto, é em menor quantidade e resumidos em um único documento: o DAS MEI. 

É nele que você paga o Imposto Sobre Serviços (ISS), Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e 5% do salário mínimo, para fins de contribuição com o INSS.

Todavia, o ISS (no valor de R$ 5,00) e o ICMS (R$ 1,00) são cobrados apenas das empresas do MEI que são prestadores de serviços e também são estabelecimentos comerciais.

Quanto custa o DAS MEI?

Os valores do DAS MEI são atualizados anualmente, seguindo o aumento do salário mínimo, e variam de acordo com o setor econômico da empresa. 

Atualmente, o DAS MEI custa:

  • Comércio ou Indústria: R$ 52,25, ou R$ 53,25
  • Prestação de Serviços: R$ 57,25
  • Comércio e Serviços juntos: R$ 58,25

E se não pagar o DAS-MEI?

A primeira consequência de não pagar o DAS-MEI é que você terá o seu CNPJ cancelado. 

Ou seja, você não vai poder emitir nota fiscal e nem atuar legalmente como microempreendedor individual. 

MEI inativo deve pagar o DAS?

Se você não está exercendo nenhuma atividade, para deixar de pagar o DAS MEI, você precisa encerrar o seu registro. Caso contrário, mesmo sem nenhuma movimentação você vai continuar pagando. 

Sendo assim, a melhor forma de finalizar o seu vínculo é encerrando o seu MEI. Para isso você deve quitar os DAS em aberto e solicitar a baixa do seu registro como MEI.

Além disso, essa solicitação é gratuita e deve ser realizada no próprio Portal do Empreendedor.

Como emitir o DAS MEI?

Para emitir o boleto do DAS MEI você precisa acessar o Portal do Empreendedor ou utilizar o aplicativo do MEI.

No aplicativo a opção para emitir boleto é clara e intuitiva. Veja só:

Como emitir o DAS MEI?

Já no Portal do Empreendedor você precisa seguir o seguinte passo a passo:

  1. Selecione a opção Serviços;
  2. Acesse o Card: Pague sua contribuição mensal;
  3. Selecione a opção Boleto de pagamento;
  4. Informe o CNPJ e digite os caracteres que aparecem na imagem;
  5. Selecione a opção Emitir guia de pagamento (DAS);
  6. Escolha o ano-calendário para o qual deseja emitir a guia;
  7. Selecione o mês ou os meses para os quais deseja emitir as guias;
  8. Escolha opção: EMITIR DAS, essa opção gera um documento em formato PDF para pagamento em rede bancária credenciada ou lotéricas.

Ou simplesmente acesse: http://www8.receita.fazenda.gov.br/SimplesNacional/Aplicacoes/ATSPO/pgmei.app/Identificacao

Como faço para pagar o DAS?

Existem três formas para você pagar o DAS MEI:

  • Débito automático; 
  • Pagamento online;
  • Boleto para pagamento em banco, lotéricas ou caixas eletrônicos.

Para fazer a inclusão de Débito Automático do MEI, assista esse vídeo:

Já para fazer o pagamento online da contribuição do MEI, veja esse:

E se atrasar o pagamento do DAS MEI?

Caso você deixe de pagar o DAS, você tem a opção de parcelar os débitos em atraso.  A solicitação pode ser feita a qualquer momento e você pode dividir em até 60 vezes, com parcela mínima de R$ 50,00.

Além disso, a única exigência é que você deva fazer primeiro a Declaração Anual de Faturamento, antes de pedir o parcelamento.

E se paguei a mais, posso receber de volta?

Se por acaso você pagou o boleto duas vezes ou se pagou o boleto enquanto recebeu salário-maternidade, auxílio-doença ou auxílio-reclusão, você pode pedir o reembolso do que pagou a mais.

A restituição da contribuição previdenciária (INSS) é solicitada por meio do aplicativo Pedido Eletrônico de Restituição. Já o valor do ICMS e do ISS deverá ser pedido no seu estado e município.

A boa notícia é que depois de pedir a restituição, você não precisa ir à Receita Federal.

Por que preciso pagar o DAS MEI?

Como te disse anteriormente, se você não pagar o DAS MEI você fica inadimplente e não pode atuar como microempreendedor. 

Além disso, é com o pagamento desse documento que você contribui para Previdência Social e pode receber o salário-maternidade, auxílio-doença, auxílio-Reclusão e pensão por Morte.

Aplicativo MEI: o que é  e como funciona?

Você sabia que existe um aplicativo para o MEI? Ele é uma excelente ferramenta para você manter o seu CNPJ regularizado. 

Pois permite que você consulte e emite o boleto do DAS, além de acessar o seu cadastro rapidamente, consultar seus débitos em aberto, acessar informações gerais sobre o regime tributário e testar seus conhecimentos como microempreendedor individual.

O Aplicativo MEI está disponível para Android e iOS.

Conclusão

Nesse artigo eu te expliquei exatamente o que é o DAS MEI. Além disso, te mostrei quanto custa, como emitir, como pagar e quais são os impostos incluídos nesse documento.

Para finalizar te dei uma super dica que é baixar o Aplicativo do MEI. Com ele você consegue regularizar o seu CNPJ rapidamente. 

Se você tiver qualquer outra dúvida que não foi abordada neste artigo, deixe um comentário que vamos fazer o possível para te responder. 

livro-empreendedor-vai-la-e-faz

Livros essenciais para o empreendedor

São tantas coisas para aprender quando você decide empreender, não é mesmo?

Por onde começar? Você pode pesquisar na internet, ir atrás de dicas com pessoas que já passaram ou estão passando por essa fase…

E em outros casos, você decide buscar algo a mais, que pode ser desfrutado de maneira mais leve, no seu tempo livre.

Uma boa maneira de fazer isso é através do hábito da leitura.

Por isso separamos algumas dicas de livros essenciais para que o empreendedor precisa se quer prosperar em seu negócio próprio.

Confira logo abaixo.

 

Mindset – Carol S. Dweck

livro-empreendedor-mindset

 

O livro comenta sobre o poder da mente e como o sucesso de nossas ações dependem do tipo de pensamento que temos.

A autora e também psicóloga, acredita que para desenvolver nossas habilidades, é preciso mais do que apenas talento. Mas também se esforçar para ter confiança e atitude para isso.

Essa maneira de pensar influencia nossa auto-estima o que consequentemente afeta nossos relacionamentos pessoais de amizade e amor, e relacionamentos profissionais também.

É um livro importante para entender o motivo de ter pensamentos positivos para obter bons resultados na vida.

 

A startup enxuta – Eric Ries

startup-enxuta

 

Eric Ries é um empreendedor que estou ciência da computação na Universidade Yale, uma das mais notórias dos Estados Unidos.

Seu livro fala sobre como usar a inovação para criar negócios de sucesso. Uma forma é através das startups.

Ela é definida como uma instituição que implementa negócios baseados em criar produtos ou serviços baseados em algo novo ou algo existente mas com um fator de novidade.

O autor descreve que é preciso antes de tudo, ter uma visão clara do seu projeto, para que você possa prosseguir retendo conhecimento e ainda diminuindo seus recursos primários para obter melhor resultado.

Basicamente, é uma leitura que aborda os pensamentos e estratégias necessários para uma efetivação de negócios bem-sucedida.

 

A tríade do tempo – Christian Barbosa

triade-do-tempo

O autor Christian Barbosa é o maior especialista do Brasil em produtividade.

Nesse livro ele divide a gestão do tempo de 24h que temos no dia em: família, trabalho e lazer. Sendo esferas: urgente, importante e circunstancial, respectivamente.

Ele explica que esses elementos, se estiverem em equilíbrio, estão diretamente relacionados a uma boa qualidade de vida.

Além de apresentar propostas que incentivem as pessoas a aprender o que fazer para melhor proveito em questões de produtividade no dia a dia.

 

48 leis do poder – Robert Greene

leis-do-poder

 

Aqui Robert Greene, um palestrante que estou na Berkeley University na Califórnia, começa explicando o que é de fato poder, como funciona e suas vantagens.

Logo após ele especifica como você pode adquiri-lo para atingir seus objetivos.

O livro tem uma linguagem “nua e crua”, podendo até causar um sentimento intimidante, mas necessário para que a pessoa não fique parada, apenas vendo a sua vida passar diante de seus olhos. 

O objetivo é despertar a motivação de forma efetiva e duradoura e tenha atitudes assertivas e controle sobre sua vida em âmbitos profissionais e pessoais.

 

Vai lá e faz – Tiago Mattos

livro-vai-la-e-faz

 

Tiago Mattos é um empreendedor digital formado pela Singularity a universidade erguida no Vale do Silício pelo Google em parceria com a Nasa.

Ele realmente começou do zero, mas sua visão futurista e mentalidade positiva e focada o ajudou a erguer seu negócio de forma simples.

Ele mostra a importância de entender a situação atual do mercado, de como o mundo está focado na era digital. Essa sendo algo mais dinâmica e interdisciplinar.

Ou seja, ele ensina como agrupar esses conceitos de forma efetiva para tirar sua ideia do papel para obter o melhor resultado em suas vendas. 

 

Esperamos que você tenha entendido como a leitura é fundamental para ter um aprendizado de qualidade e assim aprimorar sua vida para um alto padrão.

 

É necessário que que você entenda que a leitura é algo beneficial que deve ser incorporado no seu dia a dia, especialmente se você tem interesse em seguir os passos de um empreendedor de sucesso.

 

O que você achou de nossas sugestões de livros essenciais para o empreendedor? Então confira mais algumas aqui.

 

atitude-empreendedora

Por que ter uma atitude empreendedora hoje em dia?

atitude-empreendedora

 

Você já deve ter ouvido de alguns de seus conhecidos, amigos e até familiares que mudaram de vida com uma atitude empreendedora.

Sim, muitas pessoas aderiram a um sistema de trabalho fora daquele padrão de horários, subordinação e demandas externas.

Inclusive, cerca de 52 milhões de brasileiros estavam envolvidos em alguma atividade empreendedora no ano de 2018.

Isso é importante, pois mostra que o brasileiro está disposto a tentar alternativas para sua fonte de renda.

Mas não pense que empreender é tão simples. Toda pessoa empreendedora precisa enfrentar diversos desafios.

Continue a leitura e saiba mais.

O que é empreendedorismo 

Empreendedorismo é o ato de introduzir um novo método, um novo produto ou um novo projeto que contribua positivamente para a sociedade. 

Ele anda de mãos dadas com a inovação. Uma característica imprescindível a um empreendedor. 

É ter uma linha de pensamento otimista que acredita que suas ideias podem dar certo para si e para outros.

 

O que é ter uma atitude empreendedora

 

Empreender, de maneira mais direta, é ter uma conduta dinâmica. 

É ser capaz de criar e solucionar questões que parecem óbvias após criadas, mas que ninguém antes imaginaria.  

Outra característica é ter paixão por aprender coisas novas, ser pioneiro de ideias e produtos, sempre pensar o melhor, e o sonho é apenas o combustível para grandes coisas

Um empreendedor sai do campo de ideias para o plano de ações. 

É fundamental buscar ser criativo, e claro, ser engenhoso na hora de botar a mão na massa.

 

Como começar seu empreendimento

Ao iniciar sua jornada, você tem que imaginar que ser empreendedor é como investigar um território desconhecido, com apenas uma mapa antigo.

Você tem o básico para continuar, mas ainda há muito chão a se explorar.

Todo mundo pode começar, sem necessidade de ter um diploma, experiência não havendo restrição de idade, gênero ou condição financeira.

O que você deve focar é entender o mercado de trabalho e definir o modo que você vende

Você deve considerar todas as fases da criação de um negócio e não apressar ou pular nenhum.

A maioria da economia é feita de negócios pragmáticos. Ou seja, aqueles mais comuns e utilizados por todos e que estão mais focados em lucrar do que fornecer aspectos de valor.

Se você quer fazer algo diferente,  deve tomar decisões:

Defina seu negócio

O primeiro passo é ver o que você tem como vantagem e como fazer proveito disso.

Se você é bom em cozinhar, por exemplo, talvez seja viável investir em uma receita diferenciada, com ingredientes exclusivos.

Monte uma equipe

Mesmo se esforçando, você não vai dar conta de tudo sozinho. Por isso é importante escolher pessoas qualificadas para te ajudar.

Avalie quais setores são importantes para você e que faça sentido no seu negócio. 

 

Tenha um propósito maior

É algo importante não apenas automatizar suas ações, mas também fazer o que gosta. 

Um negócio que tem uma motivação sentimental por trás tem mais chance de dar certo.

Lembre-se por que decidiu começar e continue seguindo com sede de trabalhar com paixão pelo o que faz.

Feito isso, você pode dar início ao seu negócio.

 

Os obstáculos do empreendedor e como enfrentá-los

 

Empreender pode causar uma reviravolta na sua vida, pois é preciso lidar com algumas dificuldades. 

Podem ser questões pessoais, como: investimento inicial, abrir mão da rotina e o gerenciamento de lazer.

Aí só você pode ver como vai poder melhorar seus hábitos.

Ou podem ser profissionais, e você precisa estar preparado.

Veja abaixo:

 

Questões financeiras

Empreendedores têm que lidar com altos tributos e taxação de impostos. 

O ideal é contratar um serviço de contabilidade confiável a fim de administrar seu dinheiro da melhor forma.

Concorrência

Se posicionar no mercado pode ser um desafio, dependendo do ramo escolhido.

É preciso observar pessoas e empresas da mesma área e para garantir seus status, o ideal é achar seu diferencial.

Esse ponto deve garantir que seu produto ou ideia agregue valor a quem vai consumi-lo.

Geração e retenção de clientes

Ok. Você tem a ideia ou produto, conseguiu entrar no mercado.

Mas isso não basta. Você precisa ganhar destaque! E a melhor maneira é implementar uma estratégia de marketing.

Assim é possível divulgar tanto offline como online, através de mídias sociais e sites com artigos de blogs e então atrair atenção para si e o que você quer vender.

Afinal, sem isso, como você vai ser visto?

Às vezes o estresse pode aumentar, mas saiba que com um bom plano de negócios, é possível dar conta de tudo.

 

Vantagens de uma prática empreendedora

Ao arriscar entrar nesse mundo de ação empreendedora, você tem certos benefícios, tais como:

 

Flexibilidade

Você gerencia seu tempo, podendo controlar seus horários. Assim como onde trabalha, podendo ser em casa, no escritório ou onde preferir.

 

Salário 

Diferente de receber a mesma quantia todo mês e ainda ser administrado por terceiros, ao empreender, você controla quanto seu pagamento será de acordo com sua produtividade e sucesso de seu negócio.

 

Liberdade

Você não precisa estar sempre trabalhando. Se preferir, pode aumentar seu tempo livre, investindo em tempo com família e amigos, por exemplo.

 

Como empreender pode mudar sua vida

 

Tomar uma atitude empreendedora na sua vida é sair da sua zona de conforto e correr riscos para experimentar algo novo.

Através de uma atitude empreendedora, é possível desenvolver e aprimorar suas habilidades de negócios, como no setor de vendas, por exemplo.

Imagine ser dono do seu próprio negócio e seu próprio chefe?

Recorrer ao empreendedorismo pode significar uma oportunidade de ganhar dinheiro fazendo algo inovador.

Além de mudanças comportamentais, como o aumento da auto estima e produtividade, assim como sua confiança, atingindo até os próprios círculos sociais e melhorando-os.

Isso irá levá-lo a várias oportunidades de crescimento profissional e profissional.

 

Vai dizer que você não se interessou?

Ah! E se você já passou ou está passando por uma experiência assim, que tal comentar algumas dicas para iniciantes?